sábado, 23 de março de 2013

Saudações ao outono!



No Ciclo Eterno

No ciclo eterno das mudáveis coisas
Novo inverno após novo outono volve
À diferente terra
Com a mesma maneira.
Porém a mim nem me acha diferente
Nem diferente deixa-me, fechado
Na clausura maligna
Da índole indecisa.
Presa da pálida fatalidade
De não mudar-me, me infiel renovo
Aos propósitos mudos
Morituros e infindos.

Fernando Pessoa / Ricardo Reis

2 comentários:

  1. vim retribuir sua visita e já estou te seguindo nos blogs... bjkas

    ResponderExcluir
  2. "Oi , vi seu blog na lista do blog "Blogueiras Unidas" vim conhecer e já estou te seguindo , vem seguir o meu também"
    http://izaartesecriacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Nós unimos para divulgar o nosso trabalho como blogueiras.Então para nós sua opinião vai alem de importância é essencial para o desenvolvimento do nosso trabalho:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...